Bem
Vindos!

Como saber o tamanho ideal da roupa da criança?

Na hora de comprar roupa infantil feminina ou masculina, um dos grandes desafios é escolher o tamanho ideal, especialmente quando a criança não está por perto para provar a peça. Essa situação é muito comum e resulta sempre em perda de tempo, pois em caso de erro é preciso voltar para trocar. 

Confiar nas medidas padronizadas das confecções é algo que pode gerar frustração, afinal cada criança tem suas características. Umas são mais baixinhas, outras mais altas, algumas gordinhas e ainda outras magrinhas. Portanto, observar essas características é a melhor forma de não errar na escolha. 

Além disso, é comum que muitos pais, titios ou até mesmo amigos que queiram presentear a criança, analise questões econômicas. Ou seja, querem comprar uma peça que dura mais tempo. 

Veja agora algumas dicas para não errar na hora de comprar roupa de criança. Leia o texto abaixo com bastante atenção. 
 

1. Atente-se a tabela padrão do tamanho da roupa de criança


Embora cada criança seja de um tamanho, conhecer a tabela oficial de tamanhos vai ajudar a escolher uma peça adequada. Você pode inclusive fazer comparações relacionando a altura da criança para quem está comprando as roupas, com as informações da tabela. 

Por exemplo, se a criança que você vai presentear tem 5 anos de idade, mas sua estatura é de uma criança de 6 anos, o ideal é levar uma peça para uma criança de 7 anos, Talvez a peça fique um pouco grande nas laterais e precise de ajuste. 

Mas certamente no tamanho não será necessário mexer. Crianças de maior estatura tem maior tendência a crescer rapidamente, o que causa perda de peças com maior facilidade. Sendo assim, conhecer a tabela vai ajudar a escolher as roupas com mais facilidade. 
 

2. Avalie qual será a próxima estação


A mudança nas estações interferem no tipo de roupa que a criança vai vestir, assim como a região que ela mora. Portanto, na hora de comprar as peças para os pequenos é necessário ter noção de qual será a próxima estação. 

Isso influencia inclusive no modelo de roupa que será comprado e no tamanho escolhido. A maioria das peças de inverno não são aproveitadas no verão. Portanto, mesmo que sejam de tamanhos maiores, corre-se o risco de ficarem pequenas sem nunca serem usadas. 
 

3. Use uma peça como referência


Se você é papai ou mamãe da criança, ou mesmo um parente mais próximo, poderá usar a técnica de levar uma peça como referência. Se você vai comprar uma calça ou bermuda, o ideal é levar uma peça desse modelo. 

Vista a criança com a peça antes de sair. Avalie como está e o que pode ser melhorado em relação ao tamanho e ao conforto da criança. Faça o mesmo com blusas, vestidos, agasalhos, entre outras. 

Essa atitude ajuda na hora de escolher tamanhos maiores, proporcionando  assim maior economia de dinheiro e de tempo.
 

4.  Escolha peças versáteis e confortáveis


Essa é uma preocupação que deve estar presente na hora de comprar roupa infantil masculina e feminina, até mesmo por questões econômicas. Escolher um tamanho além do manequim da criança é a forma de aumentar o tempo de uso da peça, mesmo que a estação mude. 

O clima não sofre grandes alterações do outono para o inverno, portanto, essa é boa estação para investir em peças confortáveis, mas que possam ser aproveitadas por mais ou menos 6 meses, sem precisar comprar grandes quantidade de roupas. 

A versatilidade das peças permite fazer combinações que deixam as crianças aquecidas, elegantes e confortáveis. Peças com lycra se adaptam melhor ao corpo dos pequenos e duram mais tempo. Blusas e camisetas meia-estação podem ser usadas durante o dia, quando o clima estiver ameno e à noite por baixo de casacos. 

Os vestidos também são peças que podem ser aproveitados em dias mais frios. Para isso, basta colocar uma meia-calça ou legging, uma bota e um casaco bem quentinho para sair durante o dia quando estiver mais frio ou mesmo à noite. Nos dias mais quentes, podem ser usados com sandália, sapatinho ou rasteirinha. É conforto e versatilidade na medida certa para os baixinhos.
 

Conclusão


As quatro dicas apresentadas nesse texto vão lhe ajudar a não errar na hora de comprar roupa de criança. Os pequenos merecem nosso carinho e atenção, afinal, eles também querem se sentir bonitos, elegantes e principalmente confortáveis para se movimentar. 

Ser criança é sinônimo de alegria, brincadeiras e liberdade. Sendo assim, é fundamental que as roupas usadas no dia a dia permitam que eles possam se movimentar livremente, mas sem perder a elegância. 

Coloque em prática as dicas apresentadas nesse artigo e você terá muito mais sucesso na hora de escolher as roupas de crianças, seja para seus filhos, sobrinhos, afilhados ou para um baixinho muito especial. 
 
SIGA NAS REDES
  • Facebook
  • Instagram
  • Youtube
ATENDIMENTO
  • Rua Ademir Denk, 550 Bairro Beira Rio
  • Caixa Postal: 108 - CEP: 89270-000
  • Guaramirim/SC - Brasil
  • @ 2020 - Açucena Confecções
  • Todos os direitos reservados